Lava Jato pega pai e filho

Não é segredo para ninguém que as obras de transposição do Rio São Francisco sempre foram foco de corrupção. Nos governos do PT e no de Michel Temer, pelo cargo de ministro da integração nacional passaram nomes envolvidos em corrupção. Geddel Vieira Lima foi um deles e agora os Fernandos, pai e filho. Aí não tem nenhuma novidade. A ação da Lava Jato ontem no gabinete e residência do pai, senador, e filho, deputado federal, foram autorizadas pelo STF. Fernando Bezerra entregou o cargo de líder do governo ao presidente Jair Bolsonaro. O “velho chico” enriqueceu muitos políticos e não resolveu o problema de transposição de água numa área tão importante como essa da Bahia.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: