Advogado é responsabilizado

Nos meios jurídicos de Brasília o advogado dos Vieira Lima, Gamil Föppel, é criticado por não ter logo permitido que eles fizessem delações premiadas. O valor apreendido de R$51 milhões não deixa dúvidas de que os dois irmãos receberam propina da Odebrecht, do doleiro Lúcio Funaro e de políticos do MDB. Absolvição nem pensar, o que eles desejam, se condenados, é cumprir pena na Bahia e não em Brasília.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: