Inveja das vizinhas

Após ter ficado de fora de um projeto orçado em cerca de R$5,2 bilhões de reais em investimentos da LD Celulose, empresa criada pela austríaca Lenzig e a brasileira Duratex, a Prefeitura de Uberlândia através de uma de suas autarquias, conseguiu que o Ministério Público Estadual de Minas Gerais suspendesse a atividade da nova fábrica, que ainda não iniciou a construção, até que sejam garantidos que o lago da represa Capim Branco não será afetado. Com a medida, os investidores estrangeiros da Lenzig decidiram suspender e podem até cancelar o investimento multi bilionário que geraria milhares de empregos na região. Este é o segundo investimento bilionário que Uberlândia perde para suas vizinhas este ano. O outro é a planta da Itaipava, que optou por Uberaba. Desta vez, pelo visto a inveja falou mais alto que o progresso de Minas Gerais e do Brasil.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: