Na mosca: CEF pede à Justiça que decrete falência da Odebrecht

No início da semana, este blog antecipou que a Caixa Econômica Federal iria solicitar medida judicial para que a Odebrecht passe seus débitos com ela cumprindo a ordem de recuperação judicial. Na quinta-feira, a CEF cumpriu a promessa. Este blog antecipou também que o governo acreditava que a Odebrecht teria que contratar profissionais para gerir seus rombo de mais de R$ 100 bilhões quando ela só tem de patrimônio de R$30 bilhões. Reclamam que Odebrecht tem 40 mil funcionários, estão esquecidos que seus proprietários, os seus executivos estão milionários. E o cruel é saber que a Odebrecht bem poderia ter aprendido com o governo que recuperou a Petrobras, a CEF, o BNDES, o Banco do Brasil, o Banco do Nordeste que estavam praticamente quebrados pelos dois governos do PT. Hoje, todos são altamente lucrativos. Há um consenso do governo e também nos credores da Odebrecht, Emílio Odebrecht e seu grupo tem que deixar a empresa, não que ela será salva, mas pelo menos profissionais competentes poderão retirá-la da UTI.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: