O MDB elimina nomes envolvidos na Lava Jato

Dos 119 componentes do diretório nacional do MDB a Bahia tem apenas dois nomes: Alexandre Freitas Silva e Jamissa Gomes Moraes, dois nomes ilustres desconhecidos. É o estado com menor número de integrantes na executiva nacional eleita no último domingo. Tudo é fruto dos estragos que os irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima fizeram para destruição do partido na Bahia. Hoje, por sinal, no STF, os dois irmãos voltarão a ser julgados. Geddel já tem voto do relator da Lava Jato pedindo sua condenação e Lúcio deve ir pelo mesmo caminho. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: