O big Toffoli

O excelente escritor e jornalista Fernando Gabeira publicou ontem no Globo um excelente artigo onde afirma que Toffoli praticou um atentado à Constituição. Em alguns trechos foi fiel: “Ele proibiu a UIF, antiga COAF, de partilhar dados financeiros de brasileiros que estavam nas malhas da Justiça. Mas ele tem 600 mil contas de pessoas e empresas em seu controle. Um absurdo sem nome. É um ato de exceção”, destaca Gabeira, “Os próprios funcionários da OCDE que estiveram no Brasil dizem que a medida de Toffoli está em contradição com normas e compromissos internacionais do Brasil”. “Toffoli não se interessa por isso. Seu objetivo era congelar as investigações sobre Flávio Bolsonaro e impedir que a Receita continuasse pesquisando os movimentos financeiros de sua mulher e da mulher de Gilmar Mendes. Ele não se contentou em paralisar investigações. Ele quer acesso a todos os dados coletados pela inteligência financeira.” Mais adiante destaca Gabeira: “ Como é possível o país conviver com essa barbaridade? Mesmo os aliados de Toffoli deveriam temer essa concentração de poder. Nos últimos tempos, aproximou-se de Bolsonaro para salvar a pele do filho senador. Mas, no passado, foi um funcionário do PT, um assessor de José Dirceu.” Finalmente destaca:  “Num mesmo ano, Toffoli salvou Lula e Bolsonaro. Lula porque foi dele, fiel advogado do PT, o voto de Minerva que acabou com a prisão em segunda instância. E Bolsonaro, porque foi ele quem tirou as nádegas do jovem Flávio da seringa do controle de operações financeiras.” Um belo artigo deste excelente escritor e jornalista. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: