Collor não muda

Em Brasília, os jornalistas que cobrem o Congresso Nacional já não entrevistam o senador Fernando Collor de Mello. Quando ele fala, pouca gente dá ouvidos, afinal, imagina ele falando que o presidente Jair Bolsonaro poderá ter o mesmo destino dele, isto é, ser impeachado. Ocorre que ele só não revela porque perdeu o poder, foi por corrupção e nada mais. Em Alagoas, a sua empresa de TV, que é repetidora da Globo, não paga os funcionários e ele continua com a maior cara de paisagem querendo ditar normas políticas no país. O curioso é que ele não lembra que, além de perder o cargo, ele destruiu a própria família, morreram a mãe e o irmão Pedro, que denunciou ele, além de outros parentes. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: