PGR não se surpreende com corrupção no Judiciário baiano

O procurador-geral da República, Augusto Aras, não tem se mostrado surpreso com o nível de corrupção no Judiciário baiano, muito menos com as prisões. Espera mais.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: