Maioria do Senado e da Câmara quer prisão em segunda instância

Não é sem razão que os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre e da Câmara, Rodrigo Maia, manobram para não aprovar o projeto de lei no Senado e a emenda constitucional na Câmara mantendo a prisão em segunda instância. Ontem, durante a sessão conjunta da Câmara e do Senado, foi revelado que uma pesquisa interna assegura que tanto no Senado quanto na Câmara já tem votos suficientes para manutenção da medida. A reação é forte contra os dois presidentes, principalmente Rodrigo Maia que tem sido o grande articulador para que a Câmara não vote. Ocorre que várias manifestações começaram a ser marcadas, a primeira no dia oito, e quando as ruas querem ninguém controla, vide exemplo do Chile, Bolívia, Colômbia, Peru e Venezuela. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: