Patrimônio e joias da magistrada baiana surpreendem em Brasília

Assim que o Ministério Público Federal e a Polícia Federal informaram ontem a Brasília a prisão da ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Maria do Socorro Barreto Santiago, os órgãos federais já tinham ciência do cumprimento da determinação do ministro do STJ, Og Fernandes, que comanda o processo. O episódio chamou atenção quando vieram as provas do que foi encontrado no apartamento: real, euro e dólar, mas o que surpreendeu mesmo foi o volume de joias. Os órgãos federais já sabem que a grande maioria foi comprada na mão do joalheiro Carlos Rodeiro. Este blog tinha antecipado que as visitas matinais iam voltar e elas não demoraram. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: