Custe a quem custar

Passando as festas de final de ano em sua terra natal, o ex-executivo do grupo JBS, Ricardo Saud, disse a seus amigos e conterrâneos que continuará colaborando com a Justiça pra manter sua liberdade, custe a quem custar. A declaração é um claro sinal que detalhes comprometedores de delações continuarão turbinando a Lava Jato em 2020 para desespero dos grandes caciques políticos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: