ACM Neto e a disputa eleitoral II

Lembrando que o prefeito soteropolitano abandonou a disputa em 2018 contra o governador Rui Costa, vencedor do pleito, deixando uma dezena de aliados na “rua da amargura” sem qualquer condição de vitória. Neto, agora, tem que ganhar a prefeitura com seu escolhido de qualquer jeito, pois em caso contrário vai amargar dois anos sem nenhum cargo político relevante. Para quem imagina, no futuro, um lugar no Ministério do Bolsonaro, como prêmio de consolação, é bom lembrar que o capitão guarda no caderninho as “idas e vindas” do jovem e temperamental alcaide. A mais recente foi esnobar a permanência de três dias do presidente na Praia de Inema, sem qualquer visita amistosa levando um acarajézinho de presente.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: