Mexendo em pólvora

A quase contratação pelo time Fluminense de Feira de Santana do ex-goleiro Bruno do Flamengo, que já está nas ruas depois de cumprir pena pelo homicídio e ocultação de cadáver de Eliza Samudio, vai esquentar a opinião pública baiana. Ontem, o deputado estadual Pastor Tom (PSL), atual presidente do clube, já começou a ter dores de cabeça com críticas dos próprios parlamentares. Quem saiu na frente foi a deputada estadual Olívia Santana (PCdoB), que já tachou de absurdo o que está pra acontecer “O Pastor Tom deveria honrar a memória de Jesus Cristo que impediu um feminicídio quando tentaram matar Maria Madalena”. Vem muito mais por aí…

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: