Ano novo, casa nova

Poucos dias antes da virada do ano, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) transferiu-se para um novo prédio locado por R$ 930 mil mensais. Mesmo assim, continuará ocupando parte do antigo endereço, onde gastou recentemente R$ 7 milhões em reformas, já que precisará manter equipes de segurança e manutenção da sala-cofre ali instalada, ao custo anual de R$ 2,4 milhões. Agora, o CNJ passa a ocupar dois endereços privilegiados no Plano Piloto de Brasília, sendo que a mais nova casa abrigará os 15 conselheiros, entre juízes, advogados e desembargadores, somente a cada quinzena. O órgão tem como atribuição principal fiscalizar o Poder Judiciário.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: