Deflação no radar

Após atingir recordes históricos no final de 2019, a arroba do boi continua sofrendo uma queda expressiva nas principais regiões produtoras do país. A forte queda no consumo e a atuação energética dos grandes players do setor, que fecharam algumas unidades, forçou o recuo das cotações para patamares mais civilizados. O reflexo da queda nos preços no IPCA deverá favorecer mais um corte na taxa básica de juros.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: