TSE também vai fiscalizar fundo partidário

Hoje, a maior preocupação do Tribunal Superior Eleitoral é fiscalizar os dois bilhões de reais que vão ficar à disposição dos partidos políticos para as eleições municipais, já que é grande o nível de corrupção dos prefeitos, são mais de cinco mil. Alguns partidos já estão afirmando que não vão querer, mas o TSE tem em sua mira MDB, PTB, DEM, Solidariedade, PSD, PT, e PCdoB. São eles os partidos com maior número de prefeitos, deputados e senadores envolvidos na corrupção.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: