Todo cuidado é pouco

Felizmente, o primeiro caso suspeito do coronavírus na Bahia foi descartado rapidamente pela Secretaria Estadual da Saúde. O episódio serviu para testar a agilidade e eficácia dos serviços do Sistema de Saúde do Estado, que em menos de 24 horas conseguiu identificar o paciente no interior, fazer remoção aérea e isolar adequadamente no moderno hospital de doenças infecciosas, o Couto Maia em Salvador. Em poucas horas saiu o diagnóstico completo do caso: influenza tipo A, variante H1N1. O comandante da pasta, cardiologista Fábio Vilas-Boas, que interrompeu as férias desde o início da semana em função da situação epidemiológica mundial, vem promovendo encontros setoriais com entidades da área saúde e empresariais da Bahia, visando implantar procedimentos preventivos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: