Prefeito artista

O prefeito de Belo Horizonte deveria ganhar um Oscar pela narrativa que criou após as enchentes que destruíram a cidade no mês passado. Kalil conseguiu não só culpar os empresários gananciosos que impermeabilizaram a cidade nos bairros ricos, como se posicionar como defensor dos pobres e do meio ambiente. Com um desempenho fora de série em um momento de crise, Kalil não só praticamente garantiu sua reeleição neste ano, como também aumentou suas credenciais para disputar o governo mineiro em 2022. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: