O ônus do poder

Regina Duarte e Abraham Weintraub são os colaboradores do governo de Jair Bolsonaro na posição negativa de “pole position” de rejeição externa. Cada qual com sua própria legião de críticos. A veterana atriz, titular da Cultura, vem sendo perseguida por centenas de iradas ex-colegas de palco urrando vaias cada vez mais altas. Quase não deu para entrar em cena, coitada. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, criativo e afiado em suas redes sociais, já demonstrou ser um autêntico guerrilheiro das causas bolsonaristas. Acostumado com brigas, não cairá tão cedo. Já a “namoradinha do Brasil” vai pedir para sair de cena a qualquer momento.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: