Coronavírus destrói comércio de Brasília

Uma das maiores referências gastronômicas da capital do Brasil morreu, sem choro nem vela. O Piantella, que disputava com o Florentino a primazia de reunir os melhores políticos do país, fechou as portas definitivamente. Era o restaurante preferido da classe política liderada por Ulisses Guimarães. Nos seus almoços e jantares eram vistos os melhores políticos do país. A sua via crucis começou quando o advogado Kakay ingressou na gastronomia comprando o restaurante Piantella. Não teve fôlego e vendeu a um empresário carioca. Aí começou a caminhada para o fim.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: