Esticando as pernas

Enquanto isso, de forma organizada e praticando diálogos civilizados, alguns países da Europa começam a “esticar as pernas”, criando protocolos sensatos e factíveis para flexibilizar o isolamento social. Claro que existe muito medo nesses povos e nações, mas, acima de tudo, amadureceram com a pandemia. O juízo dos líderes e o respeito aos poderes constituídos são bons antídotos contra algumas das temíveis doenças. Só não curam a ignorância de algumas republiquetas do terceiro mundo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: