Transporte criminoso

A ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) anda às voltas com o aumento de ônibus clandestinos fazendo viagens interestaduais, fugindo de barreiras sanitárias em estradas federais. Os principais destinos são cidades das regiões norte e nordeste, e a carga é a de migrantes retornando para suas terras, após a perda de empregos motivadas pela pandemia. Mais de 4400 passageiros foram transportados ilegalmente, apenas nos últimos dois meses, e mais de 300 ônibus foram autuados. Municípios pequenos dos estados da Bahia, Ceará e Paraíba já registram casos de COVID motivados por “filhos da terra” que retornam agora. No pequeno município de Cruz e região, distante 300 quilômetros de Fortaleza, após a volta de 300 conterrâneos vindos clandestinamente do sul de país, surgiram 72 casos de COVID.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: