Pessoinhas do Brasil III

Apesar de criminosa e condenável, pelo menos pra uma coisa serviu a ação hacker do grupo Anonymous divulgando dados de simpatizantes do governo Bolsonaro. Saber que o bilionário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, e com fortuna avaliada em quase R$9 bilhões, estava apto a receber o auxílio financeiro de R$600 do governo federal “não tem preço”. Se a inscrição para o recebimento do dinheiro foi feita à revelia do empresário, é o que vai se descobrir mais adiante. Entretanto, trata-se de um caso insólito, pois o nome do espalhafatoso executivo consta na lista com outros 50 milhões de brasileiros desesperados por um dinheirinho emergencial pra sobreviver. Na verdade, isso é só um tiquinho das anomalias que só ocorrem no Brasil. Aliás, por aqui sempre estará na moda a antiga música cantada por Ney Matogrosso “Não existe pecado do lado de baixo do Equador”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: