Anúncios do governo no submundo da internet

Relatório produzido por consultores legislativos a pedido da CPI das Fake News aponta que a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, SECOM, bancou 2 milhões de anúncios em portais e canais do YouTube que espalham informações fraudulentas, e até em aplicativos com conteúdo pornográfico. Vem daí o nervosismo e preocupação do presidente da República.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: