Quem te viu, quem te vê II

Já o caso do governador do RJ, Witzel, igualmente vacilante nas decisões de abrir ou fechar o seu estado, mesmo vivenciando o aumento de casos de infestação e pouco espaço em hospitais, o “buraco é mais embaixo”. Na mira da justiça, temendo ações futuras da Polícia Federal, afinou de vez com as críticas ao presidente Bolsonaro. Agora, é bandeira branca e sim senhor! Pelos dois casos citados, e mais uma centena de incoerentes gestores públicos que se enredam em mandos e desmandos, dependendo da conveniência do momento, é que o cidadão comum não acredita mais em políticos e política. Nada é somente o que parece.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: