Quem te viu, quem te vê

Nessas administrações estaduais e municipais “ioiô” com abre-e-fecha de comércio e serviços confundindo, a cada dia, a cabeça de todos os brasileiros que recebem ordens alternadas de flexibilização ou isolamento, fica impossível entender o caminho certo para evitar a propagação da Covid-19. Surpreende, por exemplo, a gangorra do governador paulista Dória, um dia ferrenho defensor das diretrizes médicas de isolamento, e na semana seguinte já comungando com o poderoso empresariado de São Paulo pela abertura de vários serviços do comércio e da indústria. O dinheiro fala mais alto. A pandemia avança em silêncio.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: