O coro engrossa

Comprovando que “a toda ação corresponde uma reação de igual intensidade”, o destempero verbal diário do presidente Bolsonaro contabiliza forte reação contrária e bastante significativa no cenário político futuro. E ele vai precisar. Na semana em que o presidente do STF, Dias Toffoli, deixou escapar o adjetivo DÚBIO para classificar o governo do presidente-capitão, pois “assustam brasileiros e comunidades internacionais”, outros nomes de peso, até então aliados do governo federal, também mostram-se contrários ao modo errático de governar (e se expressar) de Bolsonaro. Kassab, presidente do PSD, vem com duras críticas “ele comete erros desde o primeiro momento (no combate ao vírus)… Imperdoável o sentimento que passa de que não esteja preocupado com a vida das pessoas… Onde o mundo todo pratica o distanciamento, não é possível que só ele esteja certo”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: