Bolsonaro vai à caça

O presidente Jair Bolsonaro, nesses últimos dias, caçou os governadores do Maranhão, Pará, Rio de Janeiro, e agora mira os governadores de São Paulo e da Bahia, além do prefeito de Salvador, ACM Neto. Prometeu e cumpriu que vai atacar os seus adversários colocando em ação a Polícia Federal e o Ministério Público Federal. A covid-19 está dando a ele a munição que ele esperava, já que a corrupção tomou conta do assunto. Na noite de quinta-feira, ele já tinha informações de um blog da Bahia que denunciou a operação criminosa envolvendo o governador Rui Costa e seu chefe da Casa Civil, Bruno Dauster que foi demitido e seu irmão, que também foi denunciado, além do secretário ligado ao vice-governador João Leão. Era tudo que ele queria, pois, não perdoa Rui Costa desde o episódio de Vitória da Conquista. O dado curioso é que ele cumpre uma promessa de destruir o PT no Nordeste e, para que se tenha uma ideia, o auxílio emergencial está tomando conta do Bolsa Família na região e o Palácio tem dados de que em uma cidade baiana, 90% da população vive do auxílio emergencial. Este blog vem antecipando que a Bahia estava na mira de Bolsonaro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: