Volatilidade para todos

Não bastasse a pandemia e as consequências desastrosas do isolamento social em todos os sentidos, 2020 é ano de eleição presidencial nos Estados Unidos. Por lá, a onda de protestos está longe de terminar e candidatos já afinam o discurso para os debates que se iniciarão em breve. Na era Trump, a única certeza é que não vai faltar ainda mais volatilidade nos mercados durante a corrida eleitoral. Moedas, bolsas de valores e restrições ao crédito serão as válvulas de escape. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: