Não, não… e não!

Pela terceira vez, o ex-deputado e ex-ministro Geddel Vieira Lima, encarcerado na Penitenciária de Mata Escura, em Salvador, teve negado seu pedido de prisão domiciliar. A solicitação alegava perigo de contaminação pela Covid-19 na cadeia, ter 61 anos e ser portador de doenças crônicas. Geddel foi flagrado com a fortuna de R$51 milhões em dinheiro vivo estocados em um apartamento em Salvador. A 2ª Turma do STF o condenou a uma pena de 14 anos de prisão por lavagem de dinheiro e associação criminosa, além do pagamento de multa de R$ 1,6 milhão e mais R$ 52 milhões por danos morais coletivos. Geddel Vieira Lima continuará preso, e a defesa vai tentar, de novo, relaxar a prisão daqui a algum tempo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: