Perigo adjacente

A pandemia do novo coronavírus no Brasil afastou pacientes com problemas cardiovasculares dos consultórios médicos. Em decorrência desse temor em sair de casa pra procurar socorro, houve aumento de cerca de 32% de óbitos cardiovasculares ocorridos no próprio domicílio, em relação ao ano passado. Entre o período de 16 de março e 26 de junho de 2020 foram 7 925 óbitos por infarto e 8 738 mortes por outras complicações cardiovasculares de pacientes que se mantiveram em casa, mesmo com complicações fatais, sem procurar socorro médico em tempo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: