Centrais sindicais na UTI

Depois que a contribuição sindical deixou de ser obrigatório, as centrais sindicais estão na UTI e com isso o PT, PCdoB, PSOL, PSB e demais partidos de esquerda estão sem recursos para o seus atos eleitorais. CTB, NCST, CUT, CSB, Força Sindical e UST não arrecadam mais milhões de reais como até 2017. Em 2019, nenhuma delas arrecadou mais de um milhão de reais. Com isso, a esquerda está dividida e desorientada, e já há quem aposte, aqui em Brasília, que a próxima sucessão presidencial será decidida entre Bolsonaro e Sérgio Moro. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: