De cá o meu!

Rachadinhas! Esta é a grande preocupação do clã Bolsonaro, envolvendo ex-mulheres, esposas atuais, filhos, assessores de confiança e agregados familiares em geral. Justiça se faça, em todos os parlamentos federais, estaduais ou municipais ocorrem a divisão de salários de funcionários contratados para os gabinetes dos parlamentares. Pra quem não sabe, a verba é alocada oficialmente para que os políticos eleitos formem suas equipes de gabinete, sem qualquer controle ou exigências de méritos. Entra quem o político quiser… principalmente os mais chegados. No caso, prevalece o ditado “me ajeita que eu te ajeito!”. A imprensa e as autoridades brasileiras sabem disso há dezenas de anos, e todos sempre se calaram… No caso das rachadinhas dos Bolsonaro, a situação é mais grave porque se situa no nível mais alto do poder – a Presidência da República do Brasil -, portanto, será a “flecha no calcanhar” que poderá ferir de morte o “Mito”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: