Duas gigantes da Fórmula 1 agonizam

A equipe inglesa Williams, a última empresa familiar da Fórmula 1 e uma das principais do automobilismo mundial, está à venda. Desde 2014 ela já vinha sofrendo problemas financeiros. Na bolsa de Frankfurt, na Alemanha, a Williams vale hoje metade do que valia uma década atrás. Seu último título foi em 1997. Já a McLaren, cujo último título da F1 foi em 2008 com o inglês Lewis Hamilton, também está em dificuldades. Desde do início do ano cortou 1200 empregos e recentemente recorreu a um empréstimo de quase R$ 1 bilhão para honrar compromissos. O coronavírus continua fazendo estragos. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: