O quadro da sucessão presidencial em 2022

Ontem, nos corredores do Congresso Nacional, o assunto era este: Ciro Gomes é candidato do PDT. Lula, como não pode, já escalou que o PT vai novamente com Fernando Haddad. O PSDB não tem outro candidato senão o governador João Doria. O PCdoB quer Flávio Dino, governador do Maranhão. O MDB não tem nenhum nome e vai continuar sendo partido de aluguel. O DEM agora tem três nomes que se projetaram recentemente: o ex-ministro da Saúde Luiz Mandetta, a ministra da Agricultura Tereza Cristina e o governador de Goiás Ronaldo Caiado. O Podemos não abre mão do ex-ministro Sérgio Moro. O atual presidente Jair Bolsonaro vai para reeleição. Fora desse quadro, segundo os cálculos ontem do Congresso Nacional, não haverá nenhuma novidade na sucessão presidencial de 2022. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: