Para salvar Lula, Emílio sacrifica o filho: Marcelo

Emílio Odebrecht tem feito o possível e o impossível para invalidar a delação premiada do filho, Marcelo Odebrecht, contra o ex-presidente Lula. Ele prometeu ao ex-presidente que ele poderia voltar a disputar a sucessão presidencial e tem feito tudo para destruir o filho. Marcelo se mantém irredutível a tal ponto que não atendeu sequer a um apelo da própria mãe para parar com as ações contra o pai, uma irmã e um cunhado. A Veja, que circula essa semana, traz uma matéria devastadora contra Emílio, aliás, atestando que a Odebrecht sempre foi um covil de ladrões. Há quem afirme que Emílio está em São Paulo cumprindo prisão domiciliar para que ninguém saiba. Os prejuízos da Odebrecht são incalculáveis, mas se Emílio conseguir invalidar a delação do próprio filho, não só trará Lula ao palco político como também pode salvar os mais de 75 executivos da empresa que fizeram delações. Alguns foram presos, soltos e outros estão na fila. Esse problema, conforme esta coluna tem antecipado, não vai terminar. Mas em nada dignifica a Odebrecht, pelo contrário. Ela, que já foi orgulho dos baianos, hoje é uma vergonha do Brasil. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: