Primeiro a saúde, segundo a saúde, e terceiro a saúde!

Não se sabe ao certo se é desejo de folia, ou medo de perder votos que faz o prefeito de Salvador, ACM Neto, divulgar que vai tentar adiar a realização do carnaval de fevereiro para meados do ano de 2021 na capital baiana. O político, amante do axé e amigo dos donos de bandas e dos ricos camarotes, parece não entender que o avanço da pandemia é o único e principal tema relevante em todo o mundo, inclusive na sua Salvador. Carnaval sim ou não, hoje, é um detalhe insignificante. O jovem Neto deve esquecer, de vez, os abadás, e focar nos leitos hospitalares na guerra contra a covid-19.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: