Sem recurso

A oferta de linhas de crédito disponibilizadas para pequenas e médias empresas com recursos do Tesouro Nacional através dos bancos não tem sido suficiente para atender à demanda. No caso das linhas do Pronampe, por exemplo, os bilhões de recursos disponibilizados duraram apenas poucos minutos. No Rio de Janeiro, pra variar, já existem intermediários cobrando caro para facilitar o acesso às linhas de crédito subsidiados dos bancos federais. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: