Teste rápido da China: uma mina de ouro para os baianos

A importação dos testes rápidos para covid-19 da China para o Brasil fez a felicidade de três jovens empresários baianos. Eles foram pessoalmente à prefeitura de Salvador e conseguiram vender, e cada qual teve um lucro de R$ 800 mil. Os nomes, por enquanto, estão sendo mantidos em sigilo pelo imposto de renda. O negócio é tão bom que um empreiteiro, de há muito radicado em Miami, também importou. O alvo dele foi São Paulo. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: