HC de Márcia Aguiar e Fabrício Queiroz cai para o “boca do inferno”

Assim que o STJ voltar a funcionar, a partir de primeiro de agosto, caberá ao ministro Felix Fischer julgar o Habeas Corpus do casal Márcia Aguiar e Fabrício Queiroz que operava a rachadinha no Rio para o atual senador Flávio Bolsonaro. No STJ, o ministro Felix Fischer jamais concedeu Habeas Corpus, daí de ser chamado de “boca do inferno”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: