Veja o meu lado

O poderoso órgão federal Banco do Brasil vive problemas menores como se importantes fossem para o bem do país. Depois do sumiço no protagonismo de uma presença mais efetiva na guerra contra a pandemia, a exemplo da falta de apoio e colaboração na intrincada distribuição do auxílio emergencial a cargo da CEF, reclama por outros interesses localizados. Agora, a entidade alega que está sendo prejudicada porque foi obrigada por decisão do Tribunal de Contas da União a retirar seus patrocínios de sites e blogs que estavam envolvidos em fake news e elogios excessivos ao governo federal. O Banco do Brasil reclama que um terço das contratações de cartões de crédito e de contas digitais vinha de sites vedados pelo TCU. Cada um cuida de si, e dane-se o país.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: