BNDES demora

Enquanto milhares de pequenas e médias empresas, também conhecidas como PMEs, agonizam com os efeitos da pandemia e das crescentes restrições de crédito, o BNDES caminha lentamente para definir quem serão os dez fundos de investimentos que receberão R$4 bilhões em aportes do banco juntamente para fazer os créditos às PMEs chegar na ponta. Candidatos à difícil missão não faltam, uma vez que o BNDES recebeu propostas de 73 fintechs e gestoras dispostas a compartilhar o risco de conceder crédito e não receber em meio à pandemia. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: