A vacina é o único passaporte

Ano passado, cerca de 2 milhões e 100 mil brasileiros visitaram os Estados Unidos. Isso é bastante significativo na engrenagem do turismo, envolvendo documentação, câmbio, passagens e hospedagens. Atualmente, em decorrência das limitações impostas pelo governo americano, com barreiras levantadas para visitantes originários de países mais afetados pela covid-19 – como o Brasil – se desfaz, como miragem, serviços de agências de viagem, intercâmbios estudantis e promoções culturais, em prejuízos avassaladores. Para o setor, só a vacina rápida resolverá.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: