Fachin derrota Toffoli e Aras

Na volta do Judiciário ontem, o ministro do STF, Edson Fachin, revogou a decisão do presidente do STF, ministro Dias Toffoli, que atendendo ao procurador-geral da República, o advogado baiano Augusto Aras, queria compartilhar dados sigilosos da Lava Jato. O fato teve repercussão enorme em Brasília e mostra o enfraquecimento tanto de Toffoli quanto de Aras. A força-tarefa da Lava Jato comemorou expressivamente.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: