O sol não é para todos

Grandes fabricantes de equipamentos para usinas solares estão inconformados. O que seria uma excelente notícia para todos acabou se transformando em um pesadelo para muitos. É que a isenção de tributos de importação para os equipamentos solares foi regulamentada pela Câmara de Comércio Exterior do Ministério da Economia com várias especificações. Resultado: pouquíssimos fabricantes e equipamentos se enquadram nos benefícios fiscais. O fato tem feito grandes players do setor, como a Canadian Solar, acionarem seus departamentos jurídicos para questionarem a falta de isonomia entre os fabricantes. Enquanto a justiça não se pronunciar, a turma que conseguiu emplacar suas configurações via lobby dominará o multi bilionário mercado brasileiro de equipamentos solares.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: