“Grand finale” bisonho

Essa coisa chamada “Guardiões do Crivella” é de uma babaquice singular… E, ao usar dinheiro público, transforma-se em um crime especial contra a sociedade carioca e brasileira. A ideia (de jerico) “nasceu do coração do prefeito”, como revelou, orgulhosa, uma das tontas seguidoras do pastor em redes sociais. O prefeito vai precisar de muito milagre para conseguir formar um escudo rápido, no parlamento municipal, contra sua cassação e demais sanções políticas. Talvez criar outro grupo, agora formado só pelos edis, batizado de “Sentinelas do Crivella”. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: