Os especiais dos especiais II

Considerando Salvador ser uma cidade pobre, de um estado pobre, de uma região nordeste pobre, salta aos olhos os vencimentos de funcionários VIPS lotados na máquina administrativa do Executivo Municipal da capital baiana. Os privilegiados “assessores especiais” do gabinete do prefeito são inúmeros. Bateriam cabeça pela profusão de corpos, se transitassem em um mesmo espaço ao mesmo tempo, em um hipotético plantão municipal de serviços. O prefeito ACM Neto veio com a sua resposta, após pergunta de profissional da imprensa, sobre o alto salário da filha do correligionário feirense “Vou me pronunciar porque fui eu que a nomeou. É uma colaboradora que faz um bom papel na prefeitura, trabalha, e trabalha muito (…) Quem me conhece, sabe que não há menor hipótese de dar boquinha pra ninguém na prefeitura”. Em tempo, quem quiser tirar a “prova dos nove” pode entrar no site transparencia.salvador.ba.gov.br.  Atenção às remunerações dos assessores especiais… Ah! e os sobrenomes. Fecha o pano!

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: