No Congresso Nacional pior a emenda do que o soneto

A mesa diretora da Câmara dos Deputados anunciou, com destaque, o fim do auxílio moradia para os parlamentares. Cada um recebe em média mais de 30 mil reais. Até aí tudo muito bem, ocorre que esse processo já vem há alguns anos e deputados que residiam em Brasília ou têm moradia fixa ali, recebiam quando eram eleitos e quando reeleitos continuavam recebendo. Foram milhões de reais. Agora a Câmara resolve que somente deputado eleito, que não tenha moradia, vai ter esse direito. Quem for reeleito evidente que não. De qualquer maneira, antes tarde do que nunca.  

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: