Queda de braço

A disputa eleitoral em São Paulo não está restrita ao município, muito pelo contrário. O governador Dória e o presidente Bolsonaro travam um duelo de força e prestígio para emplacar seus candidatos Bruno Covas e Celso Russomanno, respectivamente. Estrategistas políticos do Planalto acordaram o presidente para a ameaça de vitória da frente chamada União do Centro Democrático, incensando a opção Dória presidente. Bolsonaro acordou e já está “pilhado” contra essa possibilidade.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: