Saúde baiana

A Bahia criou uma malha de saúde no interior do estado que está sendo muito comentada em outras unidades da Federação. Por lá, o governo estadual já colocou para funcionar 16 Policlínicas Regionais de Saúde, com cerca de oito milhões de atendimentos fora da capital. Outra preocupação é a alta incidência de câncer em homens e mulheres no estado – estimativa de 32.600 em 2020 – levando a Secretaria da Saúde a empenhar-se em abrir cinco novos centros de tratamento de câncer no interior do estado. O secretário, cardiologista Fábio Vilas-Boas, informa que “a meta é concluir em 2022 toda a regionalização e descentralização da saúde pública no estado com 25 novas Policlínicas Regionais, e já no próximo ano botar pra funcionar mais cinco novos centros oncológicos”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: